Gatil

Nas zonas próximas aos edifícios dos pastores era comum encontrar estruturas feitas com pedras e por vezes cobertas com arbustos, chamadas gateras (gatil). Estas estruturas serviram de abrigo às cabras que acabavam de parir e às suas crias (nome dado aos cabritos jovens), a fim de evitar possíveis ataques de outros animais.

É de salientar que, também, se protegiam a cabra e as suas crias da intempérie, e que por vezes, devido ao tamanho do gatil, só era possível abrigar os recém-nascidos. Neste caso, as estruturas foram chamadas “toriles” (currais).

A imagem mostra uma representação da cabra Majorera. Trata-se de uma raça nativa da ilha cujo leite é utilizado para fazer o famoso queijo majorero, um queijo com denominação de origem, que pode ser apreciado tenro, semicurado ou curado.

Proyecto TSP de la Consejería de Educación, Universidades y Sostenibilidad. CC by-nc-sa. Empresa colaboradora MITCA studio. Cabra de Fuerteventura (Autor: Mforgom) en CanariWiki. Disponible en https://www3.gobiernodecanarias.org/medusa/wiki/index.php?title=Archivo:Cabra-de-Fuerteventura.png

 [19/03/2021]  Licencia Creative Commons Reconocimiento – No Comercial – Compartir igual (by-nc-sa)